terça-feira, 23 de setembro de 2008

Olha o kibe, olha o ki-be! (clap clap)

Manchete do portal de notícias da Folha de hoje:

Australiana compra celular e "ganha" imagens pornôs de funcionários da loja
da Folha Online

Após comprar um celular numa loja de Cairns, na Austrália, uma estudante descobriu que seu aparelho hospedava imagens pornográficas. O produto, da marca Samsung, tinha fotos explícitas de funcionários da loja.

Segundo o jornal "The Cairns Post", o telefone vendido pela loja era o único em estoque. Depois da compra, a consumidora entrou em contato com o estabelecimento para reclamar que não conseguia ouvir o que as pessoas diziam ao telefone.

Ao mexer no menu do telefone, ela descobriu 49 fotos, incluindo as de uma funcionária da loja, de outras duas pessoas e imagens aparentemente tiradas em um motel.

"É repugnante pensar que o mesmo celular que eu usei perto do meu rosto foi usado para tirar todas aquelas fotos", diz a estudante. "Eu não estou enojada pelo que ela fez. O que as pessoas fazem em suas casas é coisa deles. Mas eu estou enojada pelo fato de o aparelho ter sido deixado na prateleira para ser vendido."

Um porta-voz da Dick Smith Electronics, onde ocorreu o episódio, diz que a empresa está investigando o assunto. Ele disse que a funcionária supostamente envolvida não iria comentar o assunto enquanto as investigações estivessem em curso.

Esse tipo de acontecimento não é inédito. No último Natal, um aparelho de MP3 player vendido pelo Wal-Mart a uma família do Tennessee veio com arquivos com cenas pornográficas e músicas sobre o uso de drogas. O aparelho foi dado pelo pai a uma filha de dez anos.


Post do The Coke Inc, sobre contos fictícios em 12 de abril de 2005:

(....)
- Bom-dia, senhor. O que deseja?
- Eu comprei esse celular aqui na loja de vocês...
- Sim sim, o Pingelion BJ233, com câmera e serviço de internet embutidos...
- Pois sim, mas agora estão aparecendo essas imagens na tela do meu celular.
- Que imagens, senhor?
- Essas.

(O cliente mostra a imagem de uma jovem morena tendo relações sexuais com um doberman na tela de cristal líquido.)

- Toda vez que eu tento apagar essa merda de mensagem, aparece uma outra mais bizarra. Minha filha, eu sou tentente-coronel da Aeronáutica, sou pai de dois filhos e uma filha, eu não vou admitir que isso aconteça comigo!
- Bem senhor, se for do seu agrado, eu posso deixar um celular mais simples enquanto tentamos descobrir o que há de errado com o vosso telefone.

(Duas semanas depois)

- Alô, aqui é da operadora "Lúcido", descobrimos qual é o problema. Pelo que parece houve uma pequena distorção nas linhas, já que descobrimos que o senhor comprou um modelo semelhante para mais alguém da sua família, pelo cadastro de afinidades. Qual é o número do celular da sua filha?

1 comentário:

Deco Ica disse...

Você é um profeta destes tempos pós-modernos. Parabéns, Diniz!

E porque essas coisas só acontecem com puritanos? Ou você reclamaria se comprasse um celular e o mesmo viesse com fotos de putaria?