segunda-feira, 10 de março de 2008

"Um Convívio de Gente Famosa" proibido para baixinhos - Long John Silver: pt.2

Em Pirates of Porn: "Pierre Woodman, O herói da Juventude Punheteira"
por Long John Silver

Desde que filme de putaria existe, as mulheres são o centro das atenções. Isso se deve ao fato de que homem é estimulado muito mais visualmente do que sentimentalmente, ou seja, somos presas fáceis para a pornografia.

Mas o que é mulher boa pra você, caro punheteiro? Basta ter peito e coxas, como um Chester, resumindo a mulher a um simples pedaço de carne que geme? Basta ser uma maquina de sentar em rolas ou uma verdadeira engolidora de espadas? Pessoalmente, acho que não.

Os consumidores de pornografia estão habituados a ter a disposição nos filmes, mulheres que beiram a divindade (a Private levou isso a sério em Private Goddesses sob o selo The Best by Private) e acreditem, é tudo mérito nosso, pois foi querendo o seu dinheirinho que as produtoras partiram pro ataque às mulheres mais belas e fascinantes do mundo.



Devemos muito do que temos hoje a um único homem: Pierre Woodman. Esse francês, diz a lenda, já deitou mais de 3.000 mulheres, de todos os continentes. É o maior “caça-talentos” da indústria pornográfica e revelou em sua série Castings X (selo da Private) várias lendas do pornô moderno, como Tânia Russof (com quem foi casado), Silvia Saint, Anita Blonde, Sophie Evans, Nikki Anderson, Laura Angel e muitas outras.

Na contramão dessa tradição de mulheres maravilhosas, principalmente na internet, cresce a tendência dos Amateurs, ou, no bom português, amadores ou caseiros. Particularmente a estética dos vídeos caseiros não me agrada (sempre tenho a impressão de que estou vendo meus vizinhos trepando, blerg!), mas há quem aprecie e prefira essa vertente, onde a beleza das atrizes nem sempre faz diferença.

Como gosto é que nem toba, o bom mesmo é aproveitar que tem gente “ralando” pra te fazer feliz e curtir nossos bons e velhos filminhos educativos, sejam eles amadores ou profissinais.



***



Long John Silver é casado, tem três filhos, comanda uma locadora de filmes evangélicos e será currado pela patroa, caso seja descoberta o calabouço de fitas XXX que está escondido debaixo da escada da garagem (opa!)

Sem comentários: