quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Das coisas que chegam na minha caixa de e-mail....

Homem se suicída após "pegadinha" na TV

da EFE - 27-02-2008


A rede de TV americana "NBC" foi processada pela irmã de um homem que se suicidou depois de ter aparecido em um dos programas da emissora demonstrando interesse sexual em menores, após uma armadilha da produção, que atuou em colaboração com a Polícia.

O juiz federal de Nova York Denny Chin acolheu hoje um processo de US$ 105 milhões movido pela irmã do suicida, informaram meios de comunicação locais.

Ela pretende levar os responsáveis a julgamento por "terem ultrapassado o limite que separa o jornalismo responsável do irresponsável", e por terem se intrometido de forma imprudente no cumprimento da lei".

No "Dateline NBC: To Catch A Predator" ("Capturando um Predador", em tradução livre), segundo explica o jornal "USA Today" em sua página de internet, o objetivo era buscar homens acusados de manter conversas pela rede mundial de computadores com supostos menores para que comparecessem a encontros marcados com eles em uma casa, onde eram esperados por policiais e câmeras de TV (grifo meu).

De acordo com informações do processo, citadas pelo "USA Today", a "NBC" pressionou a Polícia para que fosse até a casa de Louis William Conradt, de 56 anos, e o detivesse, depois de ele não ter comparecido ao encontro que serviria de armadilha.

Conradt havia conversado pela internet com um adulto que se passava por um menor de 13 anos.

Na opinião do juiz, o processo contém argumentos suficientes para levar a crer que o suicídio era previsível. O magistrado lembra ainda que a Polícia tinha o dever de proteger Conradt da possibilidade de se matar, e que tanto os oficiais como a "NBC" atuaram com deliberada indiferença neste quesito.

Em comunicado, o departamento de noticiários da "NBC", responsável pelo programa, assegura que as evidências acabarão demonstrando que o "Dateline" atuou com responsabilidade e de acordo com a lei.

No entanto, o juiz assegura, e ainda segundo a imprensa local, que a rede de TV se intrometeu em uma operação policial, "forçando a Polícia a utilizar táticas desnecessárias e desaconselháveis, só para gerar cenas mais dramáticas".

****

Não é por nada não, mas... eu já vi isso "em um outro lugar"....

Caso não entenda do que estou falando, uma ótima resenha pode ser encontrada AQUI.

2 comentários:

Deco Ica disse...

Foi-se o tempo das pegadinhas inocentes e apenas banais em putaria, como as do Ivo Holanda, Serginho Mallandro e João Kleber...

saddam gos disse...

gringo é um bicho estranho...