terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

Comentário breve




"Mataram a cobra no ninho", gritou um coro celestial de historiadores que morreram de fome no século XIX.

1 comentário:

Deco Ica disse...

Putz velho! Li essa notícia e fiquei aqui pensando: que mulher retardada! Já pensou se eu tô de boa num boteco tomando minha cervejinha sagrada e, do nada, vejo um Pajero colando no meu focinho? E sem ter nada a ver com a treta do casal? Eu ia morrer, mas ia estragar toda a minha evolução espiritual perseguindo essa filha de uma puta!

E por que será que tá virando moda matar gente adúltera por atropelamento? Falo isso porque estourou hoje a notícia de que o Sr. Dejair, pai do jogador Diego (ex-Santos, aquele que certa feita dançou em cima da cuecona símbolo do SPFC numa comemoração de gol) teria tentado matar (jogando o carro em cima dele) um professor de Educação Física em Ribeirão Preto. O motivo: descobriu um suposto caso da vítima com sua esposa. É, como diriam os Mamonas: "O meu nome é Dejair, facinho de confundir com João do Caminhão"... Hahahaha... A vida imita a arte! A arte imita a vida!

E ainda bem que Deus não deu asa à cobra!