quinta-feira, 8 de dezembro de 2005

Um clássico jamais morre. O nerdismo também. NERD NEWS.

Richard Taylor mergulhando na adaptação de Evangelion para o cinema
Por Érico Borgo
8/12/2005



Agora que acabou de trabalhar em As crônicas de Nárnia e King Kong, o vencedor do Oscar de Efeitos Especiais Richard Taylor está pronto para perseguir seu sonho. De acordo com entrevista do sócio da WETA ao Sci Fi Wire, ele pretende dedicar-se à realização de um filme baseado na sua série favorita de animação: Neon Genesis: Evangelion.

"Eu acabo de voltar do Japão, onde estive negociando isso", disse Taylor. "Eu acho que é uma grande história que o mundo desconhece. É sublime e, sem dúvida, a mais bonita e pungente animação já criada. Uma grande parcela do mundo pop já a conhece, mas apenas através de um filme com atores reais conseguiremos romper barreiras e mostrar ao mundo a obra de arte que ela é", comentou exaltado o especialista em efeitos.

"Conseguir fazê-la com atores reais será bastante difícil, mas é algo viável tecnologicamente. O difícil será capturar toda a complexidade pseudo-religiosa, quase esotérica, desse dramático conceito. É algo que dá pra atingir com 26 horas de animação, mas reduzi-lo às dimensões de um longa-metragem será um desafio gigante. Mas temos o apoio da GAINAX, os criadores da série, e com o diretor certo creio que teremos um belo filme. É uma história que vale a pena ser contada e estou colocando muita energia nela", finaliza.

Sem dúvida, as declarações soam como música aos ouvidos dos fãs de Evangelion. Aqui no Omelete, pelo menos, pareceu uma verdadeira sinfonia!

Evangelion mostra a chegada de misteriosos anjos vingativos à Terra no ano de 2015. Para enfrentá-los, uma organização militar chamada Nerv cria os Evas - robôs gigantes poderosíssimos, pilotados por crianças com dons especiais.

*******

Apenas uma observação: Se "Tóquio III" virar "Nova Iorque III", alguém em Hollywood vai sofrer um sério acidente de carro. Não por minha conta, mas por algum xiita americano que não vai levar desaforo pra casa.

OBS2.: Que não seja feito pelos estúdios DISNEY!

Sem comentários: