quarta-feira, 8 de setembro de 2004

"última" parte de "Código de Honra" - 'Olha na BINA'

N.A.: CONSIDEREM "CÓDIGO DE HONRA" COMO UMA HISTÓRIA EM QUADRINHOS. UMA HISTÓRIA EM QUADRINHOS MAL-DESENHADA (A DESPEITO DO SUCESSO DE ALLAN SIEBER QUE EU APRECIO MUITO POR SINAL), MAL-ESCRITA E MAL-DISTRIBUÍDA. AQUI OFICIOSAMENTE CONSIDERO O FIM DESTE CONTO POLICIAL, ENTRETANTO NÃO QUER DIZER QUE O COITO VAI FICAR SEM UM ORGASMO. NUM SURTO DE ESTRELISMO, EU RESOLVI QUE ASSIM QUE EU "ROUBAR IDÉIAS" DOS LIVROS DE RUBEM FONSECA O SUFICIENTE PARA TERMINAR, EU TERMINAREI. (A.D.)


- Oi, Cicinha...
- Desculpa, eu te conheço?
- Como não? A gente se conheceu no churrasco de confraternização do pessoal, uns dois anos atrás, teu pai nos apresentou...
- Ah sim, me lembrei. Carlos, certo?
- Caio, na verdade.
- Desculpa, eu estou com a cabeça meio cheia... Faz pouco tempo que voltei do estudo na Inglaterra...
- Teu pai falou pra mim que você estava indo estudar fora medicina... quer uma carona?
- Sabe, eu estou indo ver uma amiga minha, meu ônibus vai sair daqui a pouco...
- Entra, te dou uma carona.
- Desculpa, mas não vai dar-
-click-
- Entra.
---
(triiiiiiiim triiiiiiiiiiiim)

- Pronto.
- Sampaio, como ce tá, guri?
- Quem fala?
- Como você não me conhece? Achei que você me conhecesse tão bem... Depois de tantas campanas, pegando os caras maus, fazendo nosso bom nome em todo o meio, pra num belo dia de domingo você então rresolver FUDER COM A MINHA VIDA, SEU CABAÇO!
- Como sabia que eu estava aqui?
- Oras, a gente perde o pêlo mas não perde o vício... Ainda tenho bons amiguinhos, aqueles que não nos traem nem nos deixam quando estamos na merda, sabia? Sabia que tem muita gente que simplesmente não engoliu você bancar o dedo-duro e que vai soltar fogos quando você realmente se estrepar gostoso? Aliás, sua amiguinha de cabelos tingidos de vermelho manda lembranças...
- FILHADAPUTA, o que fez com ela?!
- Oras, vem ver. Olha na BINA.....
<-clack->

O número era do meu escritório. Deus o salve se acontecer algo com a Cíntia. Eu não vou deixar barato. Minha cabeça eu aceito. Ainda tenho um pouco dessa merda de complexo de herói que ainda me impulsiona a fazer merda como a que eu fiz. Desarmado, tonto de analgésico, cambaleante.

- Pra onde, chefe?
- Toca pra Estação da Luz.

3 comentários:

Whiskey Jack disse...

"Super mouse vai salvá-la do perigooooo"

A. Diniz disse...

WJ, obrigado. Inconscientemente me deu a idéia pra terminar esse conto miserável.

Anónimo disse...

Então tá..
Mas então,o que vc tá lendo do Rubem Fonseca?
Iris.